Regras e categorias do fisiculturismo

Regras e categorias do fisiculturismo | Blog Darkness

No geral o fisiculturismo é composto por um padrão de julgamento que envolve as seguintes questões: condicionamento, simetria e volume muscular, sendo isso tudo resumido à estética do atleta. Porém o fisiculturismo possui algumas regras particulares, impostas para cada uma de suas categorias.

O fisiculturismo é dividido em nove categorias, sendo elas quatro categorias masculinas e 5 categorias femininas. As masculinas são: Men’s Bodybuilding Open, 212 lbs, Men’s Physique e Classic Physique. As femininas são: Wellness, Bikini, Woman’s Physique, Figure e Woman’s Bodybuilding.

Men’s Bodybuilding Open

É a categoria mais antiga do bodybuilding, a responsável pela criação do esporte, onde se reúnem os maiores atletas e que transforma os campeões das principais competições – como Mr. Olympia e Arnold Classic – em lendas do esporte.

Essa categoria requer atletas com maior volume muscular, simetria, extremo condicionamento físico e uma harmonia entre membros superiores e inferiores. Não há limite de peso e o diferencial é justamente o tamanho dos atletas. Os atletas utilizam sungas de competição, onde seu físico pode ser analisado por completo.

 Poses: duplo bíceps de frente, peitoral melhor lado, duplo bíceps de costas, tríceps melhor lado, abdominal e coxas, e mais musculoso. 

212 Libras

Como o próprio nome da categoria sugere, os atletas devem respeitar o limite de peso em até 212 libras, o que equivale a aproximadamente 96 kg, independente da altura do atleta, porém os competidores dessa categoria possuem uma estatura mais baixa. Dentro desse limite, os atletas devem equilibrar um bom volume muscular, simetria entre membros superiores e inferiores, e apresentar uma extrema condição física. Nessa categoria os atletas também competem usando sungas iguais as da categoria men’s bodybuilding open.

Uma curiosidade dessa categoria é que de 2008 a 2011 ela era denominada de 202 libras, onde essa exigia um limite de até aproximadamente 91 kg. Mas com a dificuldade da maioria dos atletas em bater esse peso, o limite passou a ser aproximadamente 5 kg a mais.

Poses: duplo bíceps de frente, peitoral melhor lado, duplo bíceps de costas, tríceps melhor lado, abdominal e coxas, e mais musculoso. 

Classic Physique

Essa categoria é composta por atletas que buscam o físico dos fisiculturistas do passado, o famoso “shape clássico”, se assim se pode dizer. Criou-se esta categoria, pois os atuais men’s bodybuilders começaram a ficar muito grandes, mudando completamente de físico em comparação com o que era no passado, então, acabou-se criando esta classe para reviver esse shape mais “clássico”, menos volumoso e mais “próximo” do alcançável. Nessa categoria os atletas devem bater determinado peso comparado com a altura de cada um.

Os físicos desta categoria possuem um balanço perfeito no quesito “estética”, sendo extremamente simétricos e de excelente harmonia física. Eles usam sungas um pouco maiores que as categorias men’s bodybuilding open e 212 lbs.

Poses: duplo bíceps de frente, peitoral melhor lado, duplo bíceps de costas, tríceps melhor lado, abdominal e coxas, e pose clássica favorita. 

Men’s Physique 

Essa categoria preza por uma assimetria, onde o tronco apresenta um formato em V, ou seja, cintura fina, peitoral cheio e ombros largos, quando falamos da parte frontal do físico. Na parte de trás é necessário ter um dorsal o mais largo possível e uma cintura extremamente fina. Nessa categoria também é muito importante a linha abdominal, onde a mesma tem grande evidência. 

Os atletas da categoria competem usando uma bermuda de praia que vai até próximo do joelho, já que nessa categoria não é avaliado o conjunto de membros inferiores (pernas). Apenas em caso de “empate” as panturrilhas são um quesito avaliado para definir o campeão. 

Poses: de frente e de costas.

Wellness

A Wellness hoje é tida como uma categoria feminina “latina”, já que o físico exigido possui características latinas e as principais atletas da categoria, incluindo a campeã do Olympia, Francielle Mattos, serem brasileiras. Nessa categoria é avaliado volume muscular, bom condicionamento físico (sem ser muito agressivo), assimetria entre superiores e inferiores, sendo os inferiores (coxas e glúteos) mais desenvolvidos, é também muito importante a presença de palco e os traços bem femininos. Importante destacar que é obrigatório maquiagem e cabelos feitos, e usar salto alto.

Poses: de frente, um quarto de volta para esquerda, de costas e um quarto de volta para a direita.

Bikini

A categoria Bikini exige que a atleta possua menos volume muscular, porém mantendo o tônus muscular evidente e uma boa condição física, nada muito extremo. Os traços devem permanecer bem femininos e trazer uma simetria física, buscando uma harmonia completa entre beleza e físico atlético. Importante destacar que é obrigatório maquiagem e cabelos feitos, e usar salto alto.

Poses: de frente, um quarto de volta para esquerda, de costas e um quarto de volta para a direita.

Woman’s Physique

A categoria Woman’s Physique é constituída por atletas que buscam um físico elevado na questão do volume muscular, condicionamento e simetria, e mesmo assim conservando traços femininos. As atletas competem de maquiagem, biquíni e descalças.

Poses: duplo bíceps de frente (com as mãos abertas), peitoral melhor lado, bíceps de costas (com as mãos abertas), tríceps melhor lado e abdominal e coxas.

Figure

A categoria Figure trás físicos mais condicionados, com menos volume muscular que a Woman’s Physique e buscam um shape em Y, ou seja, maior desenvolvimento dos membros superiores do que dos membros inferiores. Ombros mais largos e uma dorsal mais larga possível. O condicionamento é um ponto muito considerado nessa categoria em conjunto com a presença de palco.

Poses: Poses: duplo bíceps de frente (com as mãos abertas), peitoral melhor lado, bíceps de costas (com as mãos abertas), tríceps melhor lado e abdominal e coxas.

Woman’s Bodybuilding

A Woman’s Bodybuilding é composta por atletas que visam o máximo do desenvolvimento muscular, não existindo limite de peso, mas sempre buscando o máximo de volume muscular e condicionamento físico. Dentro das categorias femininas, é a que possui as maiores atletas.

Poses: Poses: duplo bíceps de frente, peitoral melhor lado, bíceps de costas, tríceps melhor lado, expansão dorsal de frente, expansão dorsal de costas, abdominal e coxas e mais musculoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

plugins premium WordPress
Rolar para cima