Proteína da carne isolada

Proteína da carne isolada | Blog Darkness

A ingestão de proteínas é uma estratégia que é implementada para todos os tipos de objetivos, seja o aumento de massa muscular ou a perda de gordura corporal. Ela é recomendada pois as proteínas têm importantes funções em nosso organismo contribuindo para esses resultados.

No ganho de massa muscular, temos o exemplo dessa ingestão de proteínas fornecendo aminoácidos para que a célula muscular sintetize novas proteínas que foram desestruturadas durante o treinamento de força.

Já para o emagrecimento, as proteínas têm função de aumentar a saciedade e gerar um maior efeito térmico dos alimentos contribuindo, dessa forma, para uma melhor adesão na dieta e melhores resultados estéticos.

Assim, é importante entendermos quais os tipos de proteínas e suas qualidades para realizarmos a escolha de uma boa fonte proteica, e dentre essas escolhas temos a proteína de carne isolada como uma excelente alternativa para a ingestão proteica do dia.

Então continue lendo este post, pois falaremos o que é a proteína de carne isolada e para que serve essa estratégia.

O que é e qual a importância da proteína?

As proteínas são classificadas quanto ao seu valor biológico (qualidade e quantidade de seus aminoácidos) e sua digestibilidade (absorção e utilização das mesmas para a construção tecidual), dentre estas, a proteína isolada da carne (beef protein) vem ganhando destaque nos últimos anos.

Relembrando, nossos tecidos estão em constante transformação e as proteínas são ferramentas de alto valor biológico, fundamentais para uma reconstrução eficiente dos mesmos.

Isso ocorre pois diariamente temos a perda de proteínas em nosso organismo de uma maneira natural e há síntese de novas proteínas para “ocupar o lugar das proteínas velhas”, esse processo é conhecido como turnover proteico.

Por isso, a ingestão da proteína da carne bem como outras fontes proteicas contribuem para esse processo de regeneração tecidual que o nosso organismo necessita realizar.

O que é a proteína de carne isolada?

A proteína isolada de carne é obtida por processos avançados de extração e isolamento, o que eleva o seu grau de pureza, além da isenção de gordura, colesterol, açúcar, lactose (ideal para os intolerantes ou alérgicos), glúten e uma maior concentração de creatina.

Quando comparamos a qualidade de aminoácidos da proteína da carne com o whey protein a semelhança é enorme, porém quando comparamos a quantidade dos mesmos, principalmente a de BCAA, a beef protein tem ligeira desvantagem.

Quais são os benefícios da Proteína da carne isolada?

Rápida absorção

A proteína de carne isolada tem uma rápida absorção devido a sua digestibilidade e por estar em formato de suplementação, ou seja, estamos ingerindo uma bebida em vez de um alimento sólido.

Pelas suas características a proteína da carne vermelha em suplemento possui uma rápida de gestão favorecendo a absorção dos aminoácidos pelas células musculares, contribuindo assim, para a recuperação muscular.

 Outro fator importante que devemos considerar é o de que a proteína da carne em suplemento favorece a absorção pois o nutriente torna-se mais disponível uma vez que está diluído em água.

Diferentemente do que ocorre quando ingerimos a proteína da carne de forma sólida pois o nosso trato intestinal precisa realizar a digestão daquele alimento para só então absorver os aminoácidos.

Livre de colesterol e gordura

Um outro benefício da proteína de carne isolada é o de ser livre de gorduras e de colesterol, facilitando assim o seu consumo por pessoas que precisam emagrecer, e até mesmo para aqueles indivíduos que precisam ganhar massa muscular, mas de uma forma mais “seca”.

Inclusive muitas pessoas quando fazem o uso da proteína da carne em suplemento relatam que o seu gosto é mais “aguado”, e isso ocorre pois não temos gorduras nesse suplemento para dar uma maior consistência na palatabilidade e no sabor.

Rico em vitaminas, ferro e aminoácidos

Também é importante lembrar que a proteína da carne tem grandes quantidades de ferro, de vitaminas e de aminoácidos, trazendo assim uma alta qualidade para essa proteína.

As vitaminas, como por exemplo a B12, tem grande atuação em nosso humor ao longo do dia, além de contribuir com a nossa memória e aprendizagem.

Também vale destacar a importância do ferro para o nosso desempenho esportivo uma vez que ele contribui para transportar oxigênio até as nossas células musculares e possibilitar a contração muscular adequada.

E nas mulheres em particular, a ingestão de ferro previne quadros de anemia, uma vez que regularmente esse público tenha perda de sangue pela menstruação e, consequentemente, de ferro.

E por último, mas não menos importante, temos que lembrar que a ingestão dessa proteína da carne contribui com grandes quantidades de aminoácidos essenciais, que são os aminoácidos que o nosso corpo não produz e que necessita da ingestão adequada ao longo do dia.

Altamente nutritivo

Por todos os motivos citados acima é que consideramos que a proteína de carne isolada é altamente nutritiva, afinal de contas existem muitos nutrientes que fazem parte da composição dessa proteína e de toda a estrutura que a engloba.

Quem pode tomar proteína de carne isolada?

Nós já vimos que a proteína da carne tem diversos benefícios, agora iremos entender com mais calma essa relação da proteína da carne e para que serve.

Pessoas com problemas nutricionais

Quando identificamos pessoas com deficiências nutricionais, a proteína de carne isolada pode ser uma boa opção para atender essas deficiências e gerar uma melhor saúde nas pessoas.

Por exemplo, podemos ter uma mulher com anemia e consequentemente gerar um melhor benefício em sua saúde com essa ingestão de ferro através da proteína da carne vermelha.

Também podemos ter pessoas com algumas patologias, como diabéticos ou pacientes acamados ou em estado catabólico, assim, com o acorde de proteína da carne temos uma melhor oferta de aminoácidos para atender a demanda do organismo.

Atletas

Já para os atletas, a ingestão de proteína tem um papel fundamental na síntese de proteínas musculares com o objetivo de recuperação muscular devido aos treinos de alta intensidade.

Essa ingestão de proteína de carne isolada faz com que o aporte proteico seja melhor organizado ao longo do dia e consequentemente esse atleta tenha uma melhor recuperação e esteja pronto para desempenhar o melhor rendimento nos próximos treinos.

Pessoas com alergia às proteínas do leite

Para as pessoas que possuem alergia à proteína do leite, ou até mesmo aquelas que são intolerantes à lactose, uma boa alternativa é a ingestão da proteína de carne isolada, uma vez que a mesma não possui as proteínas que estão presentes no leite que causam alergia alimentar e também não possui a lactose, que é o açúcar presente no leite.

Dessa forma nós conseguimos manter uma boa ingestão protéica e de alta qualidade mesmo em pessoas que possuem alergia a proteínas do leite e intolerância à lactose.

Pessoas com dificuldade de deglutição

Também temos casos na nutrição clínica de situações peculiares de pessoas com dificuldade de deglutição, alguns idosos por exemplo, ou até mesmo pessoas adultas com algum tipo de disfagia.

Assim, uma das estratégias interessantes para o ajuste proteico de ótima qualidade ao longo do dia é a ingestão de proteína de carne isolada, ofertando nutrientes com excelente qualidade e grandes quantidades de aminoácidos essenciais, necessários para o turnover protéico do dia a dia

Comparação do Aminograma da Beef Protein vs Whey Protein em 100 gramas

 

  • Leucina Beef Protein – 3,3 gramas
  • Leucina Whey Protein – 10,7 gramas
  • Isoleucina Beef Protein – 1,7 gramas
  • Isoleucina Whey Protein – 6,8 gramas
  • Valina Beef Protein – 2,8 gramas
  • Valina Whey Protein – 5,8 gramas
  • BCAA Total Beef Protein – 7,8 gramas
  • BCAA Total Whey Protein – 23,3 gramas

Quais são as principais desvantagens da proteína de carne isolada?

A principal desvantagem da proteína de carne isolada está no seu sabor, pois muitas pessoas não se adaptam bem ao sabor do suplemento de proteína da carne, e para a maioria das pessoas o mais agradável é a suplementação através da proteína do soro do leite (Whey Protein).

Além disso, muitas pessoas tentam comparar alguns tipos de Whey Protein concentrado com a proteína de carne isolada e relatam um sabor mais desagradável com a proteína da carne.

Porém, isso ocorre também devido a outro fator, que é a adição de carboidratos e de gorduras em algumas marcas de Whey Protein.

Essa adição no final das contas contribui para um sabor mais agradável do suplemento, porém é importante lembrarmos que essa estratégia acaba prejudicando o consumidor que compra Whey Protein pensando somente na ingestão de proteínas.

Como tomar proteína de carne isolada?

Shakes proteicos

Uma boa estratégia de receita é utilizar a proteína de carne isolada em shakes proteicos, pois é muito comum ao longo do nosso dia, no lanche da manhã e no lanche da tarde, não termos tempo para realizar uma refeição sólida adequada.

Assim, a inclusão de shakes proteicos com proteína de carne isolada é uma excelente escolha para atender as demandas de aminoácidos do músculo e do organismo nesses momentos.

Então uma boa alternativa é você levar a proteína da carne em sua coqueteleira e misturar com farelo ou farinha de aveia e até mesmo com pasta de amendoim, depois é só acrescentar água no momento da ingestão e misturar bem tudo, essa estratégia atenderá tranquilamente a ingestão de proteínas e de carboidratos naquele momento.

Sopas

Uma outra alternativa interessante é a adição da proteína de carne isolada em sopas para aumentar o aporte proteico da refeição e colaborar para uma melhor síntese proteica muscular.

Como nós adicionamos frequentemente carne nas sopas, a adição de proteína de carne isolada em forma de suplemento é uma excelente opção para melhorar o sabor da refeição e colaborar com mais nutrientes nessa sopa.

Essa alta ingestão de proteínas pode inclusive colaborar para diminuir a fome ao longo dos próximos horários, visto que a proteína tem esse papel de auxiliar na sociedade.

Vitamina

E uma boa alternativa também é você utilizar a proteína de carne isolada em adição no preparo de vitaminas para o café da manhã ou nos períodos antes de dormir, com o objetivo de aumentar o aporte proteico e a quantidade de calorias da refeição.

Em nosso blog temos diversas dicas práticas de como realizar uma dieta para hipertrofia, acesse-o para ter essas dicas!

Conclusão

Veja que temos inúmeras opções de adicionar proteína de carne isolada nas refeições e melhorar o aporte proteico tanto em quantidade como em qualidade das nossas refeições. 

Sendo assim podemos concluir que a proteína de carne isolada é mais uma opção que pode ser interessante no seu dia a dia como uma alternativa de proteína de alto valor biológico. 

Espero que tenham gostado, pessoal! Continuem nos acompanhando para terem mais informações sempre. Sigam nossos canais no instagram @darknessnation e a Integral Tv no Youtube: https://www.youtube.com/user/integralmedica

Abraços e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

plugins premium WordPress
Rolar para cima