O que é o Método GVT?

Hoje falaremos desse método de treino antigo, mas muito presente entre os praticantes de musculação, acompanhe até o final saiba tudo sobre esse método de treinamento.

O que é o método GVT?

German Volume Training (Treinamento de volume alemão) ou simplesmente GVT é um método de treinamento antigo, desenvolvido na década de 70, mas que ainda é muito usual por praticantes de musculação.

Quais os benefícios de treinar esse método?

  • Aumento da massa muscular;
  • Quebra do platô;
  • Melhora da resistência muscular.

Quais os riscos e cuidados devo tomar ao treinar?

  • Esse método não é recomendado por muito tempo, logo fazê-lo por longos períodos parece não ser adequado;
  • Por ser um treino com alto volume, deve ser prescrito no momento certo dentro da sua periodização, ou, o risco de lesão é grande;
  • Equalize a carga para que consiga fazer as 10 séries por grupamento;
  • Faça de forma cadenciada e concentrada;
  • Respeite o tempo de descanso.

Qualquer pessoa pode realizar os treinos com esse método?

Por ser um método de treino avançado, não é recomendado para iniciantes ou até mesmo intermediários.

Como realizar o método GVT?

  • Embora pareça ser simples, é um método bastante exaustivo;
  • O método consiste em você realizar 10 séries com 10 repetições de um único exercício para um grupo muscular, ou seja, 10×10, selecione preferencialmente, exercícios multiarticulares;
  • Faça uma pausa entre 45 e 60 segundos entre as séries;
  • Utilize entre 50% a 60% da carga usual;
  • Caso resolva treinar a região do peitoral, escolha um único exercício, que pode ser o supino reto ou peck deck, por exemplo, realize 10 séries com 10 repetições;
  • Nas primeiras semanas, utilize a carga pré-definida, nas últimas semanas aumente a sobrecarga entre 5% e 10% para intensificar ainda mais seu treino;
  • Alinhe a carga com seu professor.

Conclusão

Essa é uma excelente estratégia para quebrar o platô do seu treino, contribuindo para o aumento da massa muscular. Embora pareça ser simples, esse método exige do praticante um bom nível de consciência corporal e treino, logo se você é iniciante, aguarde o momento certo para realizar.

Bons treinos!

Até a próxima!

Fernando Amaral – CREF 147145 – G/SP

Profissional de Educação Física – Expert Integralmédica

Especialista em fisiologia do exercício e treinamento resistido – Na saúde, na doença e no envelhecimento – EEP/HCFMUSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

plugins premium WordPress
Rolar para cima