Como aumentar a Taxa Metabólica em repouso?

Taxa metabólica basal tem se tornado um assunto de extrema importância quando falamos em emagrecimento e até mesmo em aumento de massa muscular, pois é através dela que entendemos se as estratégias estão funcionando e, ainda mais, se estamos tendo resultados estéticos.

Isso ocorre pois na medida que as estratégias nutricionais surgem efeito juntamente com o exercício físico, a tendência é que tenhamos um aumento na taxa metabólica basal, fazendo com que o organismo consiga gastar mais energia e favorecendo a perda de gordura corporal para pessoas que desejam o emagrecimento.

Já para as pessoas que desejam aumentar a massa magra, conforme o gasto energético da taxa metabólica aumenta, nós temos que entender esse aumento e acompanhar com a dieta para que o organismo não diminua a massa magra que conquistou.

Assim, veremos abaixo alguns pontos importantes quando falamos em taxa metabólica basal ideal e os seus componentes, por isso leia o post até o final para entender de uma vez por todas a influência da TMB em seu organismo.

O que é a Taxa Metabólica?

A taxa metabólica basal (TMB) é um conceito utilizado para avaliar o gasto energético do nosso organismo em repouso para manter as funções vitais do corpo, isso quer dizer que se a sua TMB for de 1500 quilocalorias, significa que em repouso o seu organismo utiliza de maneira estimada, esse gasto energético para manter as funções vitais do seu corpo, como por exemplo o funcionamento do cérebro, coração, rins, fígado, intestino entre outros.

Porém, um grande raciocínio aqui é entender que o seu músculo também se enquadra em órgãos com função vital, ou seja, dentro do possível o seu organismo tentará manter as funções do músculo gerar os processos de hipertrofia nele. É por isso que quanto maior a nossa massa muscular maior é a nossa ingestão alimentar ao longo do dia.

Por isso você vê com frequência homens com grandes massas musculares se alimentando a cada 2 ou 3 horas, pois a necessidade diária de energia é tão grande para manter toda essa massa muscular que o indivíduo precisa se alimentar com mais frequência e com grandes volumes.

Também é importante lembrar que essa estratégia de realizar treinos e fazer com que a sua musculatura tenha o processo de hipertrofia é a forma natural de acelerar o metabolismo.

Muitas pessoas ficam procurando remédios com efeitos termogênicos para acelerar o metabolismo, porém esquecem dos efeitos colaterais que todos os remédios podem ter, inclusive nesse caso, os efeitos indesejáveis de causar taquicardia e gerar complicações cardíacas e de saúde para a pessoa.

Como calcular sua Taxa Metabólica?

Você pode calcular a taxa metabólica através das fórmulas como a de Harris & Benedict, Cunningham, FAO/OMS que nos auxiliam.

Elas são fórmulas que exigem que você tenha alguns dados básicos como o seu peso corporal, sua estatura e a sua idade.

Já a fórmula de Cunningham exige que você tenha feito uma avaliação física para estimar o percentual de gordura corporal e a quantidade em quilos de massa magra, pois é exatamente essa massa magra que utilizaremos na fórmula.

Qual a Taxa Metabólica ideal?

A taxa metabólica basal ideal não existe, pois não é um número mágico. O que normalmente nós fazemos é avaliar se a sua taxa metabólica está mais elevada ao longo dos meses através da inclusão de exercício físico e uma dieta equilibrada, ou se está ocorrendo o contrário, com o seu metabolismo basal baixo devido à falta de exercício físico, a diminuição de massa muscular, e a falta de adesão em uma dieta saudável.

A Taxa Metabólica é igual para todos?

A TMB pode diminuir com o decorrer do tempo, fato atribuído a fatores tais como a quantidade diminuída de massa magra e ao concomitante aumento da massa gorda, conteúdos alterados de fluidos corporais, alterações do humor e estresse, alterações hormonais, genética individual e envelhecimento

O que significa uma Taxa Alta Metabólica?

A taxa metabólica basal (TMB) mede a quantidade mínima de energia necessária para manter as funções fisiológicas em repouso. Seu conhecimento é importante por definir o suporte nutricional adequado e determinar as necessidades calóricas para o balanço energético. Afinal de contas, se você tem uma TMB elevada, significa que você gasta mais energia ao longo do dia, e esse gasto pode ser de gordura corporal por exemplo, causando um emagrecimento favorável.

O que significa uma Taxa Baixa Metabólica?

Como vimos anteriormente, ter uma TMB elevada pode ser bom. Porém o contrário acaba se tornando prejudicial, ter uma TMB baixa pode fazer com que o seu organismo gaste menos energia ao longo do dia, e com isso tenha uma redução menor de gordura corporal ao longo das semanas, prejudicando o processo de emagrecimento.

Qual é a diferença entre a Taxa Metabólica e Gasto Calórico?

A taxa metabólica basal reflete o gasto de energia do nosso corpo ao longo do dia para manter as funções vitais do organismo.

Já o gasto calórico é o gasto de energia do dia todo, ou seja, que inclui as atividades físicas (musculação, cardio, crossfit, natação e etc) e o gasto de energia que nosso corpo utiliza para fazer as outras atividades, como subir e descer escadas, lavar louça e etc.

No blog da Integralmédica temos o passo a passo de como você precisa calcular a dieta para o emagrecimento e também os alimentos termogênicos que aceleram o seu metabolismo.

Conclusão

Veja que entender como o nosso metabolismo funciona é muito importante para você executar as estratégias que aceleram a utilização de energia e, consequentemente, o processo de emagrecimento.

Espero que tenham gostado pessoal! Continuem nos acompanhando para terem mais informações sempre. Sigam nossos canais no instagram @darknessnation e a Integral Tv no Youtube.

Abraços e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

plugins premium WordPress
Rolar para cima